terça-feira, 8 de julho de 2008

AUSENCIA: a caminho de Chitengo


Um novo capitulo se abre no meu mundo.
Parto hoje para o acampamento de Chitengo em Gorongoza onde me vou ajuntar ao staff do projecto de restauração do Parque Nacional da Gorangoza.
Amo coisas novas. Elas nos retiram da "zona de conforto" onde conhecemos bem o sistema e nos colocam num lugar de vulnerabilidade onde alternativa não temos senão parar para aprender. Mudanças nos fazem crescer. Nos fazem explorar as nossas capacidades e quebrar as nossas limitações. Nos permitem conhecer partes ainda desconhecidas do nosso ser. Novos lugares novas pessoas nos exigem adoptar novas metodologias de relacionamentos, novas filosofias, enfim uma autentico desafio.
Estarei em contacto com a natureza de forma mais intensa. Nas noites, olhar para o céu estrelado e apreciar o universo. Deixar o luar me inundar destilando poesias da alma.
Na madrugada despertar com o rugido inocente do leão e me lembrar que já não estou na cidade. Ver o nascer do sol acompanhado pela melodia doce das aves.
Muita expectativa. Ate parece que só vai ser mar de rosas, mas sei que existirão também momentos difíceis.
Pretendo começar um diário onde registarei os momentos mais marcantes e os menos marcantes dessa aventura e quem sabe eu compartilhe convosco as minhas experiências.
Não queria que os meus mundo(geral, poético e académico) se vissem prejudicados. Não queria por exemplo que a Mariazinha deixasse de receber pontualmente as suas cartas das Sextas feiras, que eternidades separassem das respostas, as cartas de Dede. Não queria não mas tenho que ser sincero que nem tudo vai continuar como esta, afinal de contas estamos a falar de novos desafios, novas obrigações.

6 comentários:

micas disse...

O caminho se faz caminhando e o teu está a fazer-se agora.

Força e muitas felicidades nesse novo desafio.

Não te preocupes que seremos pacientes e saberemos esperar por notícias tuas e desse lugar maravilhoso onde estás agora. Oh! que inveja!!!!!!

Um abraço enão te esqueças de olhar para o céu e reconheceres em cada estrelas os teus amigos.

Nelson disse...

Gracias Micas. Ai que bom ter amigos dessa tua especie Micas.Amigos de vero.

ximbitane disse...

Se pudessemos ter tudo o que queriamos... Bom trabalho, mano!

Dede Moquivalaka disse...

Oi Nelson,

Mudar e' marcar passo
olhando para frente.

Do que me toca, olha estarei ai' por ti.

BOA VIAGEM E MANDE NOTICIAS DUAS.

Dede'

Jorge Saiete disse...

Nelson,
Muita força nesse teu novo desafio da vida. Sempre que puderes poste algo aqui, como forma de manteres este teu world vivo.
Aquele abraço

Nelson disse...

Ximbitane obrigado. Ja imaginou se tivéssemos tudo e deixássemos de querer? Tenho dito que o querer é que nos mantém "andando".

Dede e Saiete, sempre que possível darei noticias alias gosto pois penso que a beleza dos momentos da vida aumenta quando a compartilhamos. mas haja paciência que nem sempre o querer compartilhar basta. As vezes conta muito o poder compartilhar. A Mariazinha já disse que entenderia uma possível mudança nos "batimentos cardíacos" do Meu Mundo. Sejais vos também pacientes.
Abraços