domingo, 8 de junho de 2008

QUEM NÃO VAI SE SUPREENDER?

Em relação aos acontecimentos que se vivem ultimamente tem sido mania dos governantes, talves em jeito de justificação, dizerem que foi uma surpresa, que não sabiam de nada, que não podiam prever. Dizendo isso se sentem ilibados. Fico a pensar na desonestidade que afirmações como essas representam.
Parei hoje para rapidamente "pensar" em algumas surpresas que nos esperam.
Quem não vai se surpreender se Mugabe ganhar a segunda volta das eleições? Quem nao vai se surpreender de Tsangirai ganhar? Quem não vai-se surpreender se mesmo perdendo Mugabe não querer deixar o poder? A esposa já avisou mas há quem vai se suprender. Quem não vai se surpreender se como forma de se manter no poder Mugabe "forcar" um GUN? Quem não vai se surpreender se Tsivangirai sofrer atentados? Se instalar-se uma crise pós eleitoral do tipo Quénia? Quem não vai se surpreender se Zimbabweanos em massas inundarem as cidades Moçambicanas(já temos tantos por cá)? Quem não vai se surpreender se os oficiais do exercito, leais a Mugabe, dificultarem a vida do MDC e Tsivangirai no poder?

Eu não me vou surpreender, pois existem sinais sobrando que mostram com relativa clareza que estas e ou outras situações podem fazer parte do futuro próximo do Zimbabwe e consequentemente da região. Eu não vou querer ouvir "desculpas esfarrapadas" sejam la de quem for. Depois de por muitas vezes o PR ter nos dito que "estamos a trabalhar"(frase que detesto) e ter dito também que "não podemos interferir nos assuntos internos" não vou aceitar que me venham dizer que foi surpresa.

3 comentários:

ximbitane disse...

Bate a boca, Nelson, bate a boca! Não digas uma barbaridade dessas, mas reconheça-se, tens toda razão: "Quem não vai se supreender"?

Nelson disse...

supersticioso Ximbitane. Tou lavando as mãos não quero ser cúmplice de surpresas.

micas disse...

De facto neste mundo cada vez mais louco, quem se surpreende? E com quê?Oh!santa ingenuidade a dos crédulos.

Bom, confesso que hoje acordei virada para este lado.Mas...acredito.Continuo a acreditar no homem, mesmo quando me surpreende pela negativa.

Força!