segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Queria saber escrever...

Hoje visitei os rabiscos da Soares
E pensei comigo
Queria saber saber escrever
Saber brincar com as palavras
Me entreter

Queria como a Iva faz
Levá-las comigo onde quero
E nos desespero
Rogá-las que me consolassem

Queria ter a força de prensá-las
Destilar um suco qualquer
Sabor que me desse na gana
Cantassem se eu quisesse
Ou chorassem

As palavras são lindas
Escritas na idade dos adultos
Ou rabiscadas na infantilidade dos poetas
Cantando ao ritmo das árvores que chilreiam
Ou mesmo no grito do silêncio

Queria saber escrever
Queria...

5 comentários:

CF disse...

Caro Nelson, seja bem vindo a este mundo da blogosfera.


Abraços

Jasmin=CF

Nelson disse...

Brigado C.F. Já que me achaste aqui vais entender qualquer silêncio meu no Mozamigos...

Diva disse...

Ups... nao e que tu escreveu??? E muito bem!!! Saber escrever e facil... saber sentir e mais deficil.
Bem vindo :o)
Bjs meus

Nelson disse...

Brigada diva...
Essas palavras!
Como são fingidas...
As vezes nos negam oque queremos dizer...
Essas palavras...
Igual o coração que nos nega oque sentimos...
Igual o coração fingido...

"Saber escrever é facil..."
Basta aprender escrever não é diva?
"Saber sentir é mais deficil." Mesmo depois de aprender a sentir...
O coração as vezes simplesmente nega....

Obrigada diva pela força...

Ivone Soares disse...

Nelson, adorei o poema. Muito obrigada. É leve e cheio de rabiscadas doces.
Obrigada,
Ivone