segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

...mais um paritdo politico...

A natureza humanitária do meu trabalho me aconselhou a me manter apartidário. Apartidário no sentido de não ser filiado à alguma formação política. Não ser portador दुम maçaroca, um pangolim, uma perdiz ou qualquer outro símbolo dos vários partidos políticos que existem em Moçambique. O meu carácter apartidário se vê traído sempre que chegam os pleitos eleitorais pois há que exercer o meu direito e há que escolher algum partido, candidato em quem votar. Tarefa que se torna difícil/fácil já que são tantas opções. Blogando nesse fim de semana fiquei sabendo que minha vida de eleitor se tornará em breve mais dificultada com o surgimento de mais um formação política.

Fazendo uso do meu apartidarismo que me confere objectividade me perguntei oque norteia a criação de um partido político? Objectividade sim... Consigo olhar para este e aquele partido de forma neutra e objectiva lhe descobrindo as coisas boas muitas e ou poucas e as coisas mãs igualmente muitas e ou poucas. Procuro entender porque é que as democracias maduras parecem ter bem poucos partidos disputando nas eleições ao contrário das nossas tenrinhas? Nos EUA por exemplo, nas últimas eleições, se estou certo concorriam três canditados às presidências em representação de três partidos. Agora porque esses partido surgem na véspera das eleições isso é bem mais difícil de entender. Deve ser que os fundadores andam observando os partidos já existentes, lhes estudando as forças e as debilidades e perto das eleições já sabem oque melhorar.

Mais um partido na oposição, oposição que segundo Azagaia não tem esperança porque o povo foi ensinado a ter medo de mudança...

5 comentários:

Custódio Duma disse...

entao....
vamo la ver se um dia os partidos conseguem ser um rio que corre para a liberdade do povo!
thanks pela passagem la no direitos humanos

Nelson disse...

Valeu C.D... mas que foi que disse que se pensa no povo quando vão se criar esses partidos? Quem disse que os já existentes pensam realmente no povo? Pelo menos não como deviam...

Bayano Valy disse...

Levantas questionamentos importantes: o que confere objectividade aos partidos políticos? não tenho respostas, meu caro. uma coisa disseste bem - democracias maduras com poucos partidos políticos. a nossa democracia é madura? se utilizarmos o seu critério, não é. e qualquer outro critério também vai dizer o mesmo.
Benvindo e um abração

Reflectindo disse...

Até são capazes de dizer que não gostamos que há muitos partidos, mas mais de meia centena quando nenhum, excepto os dois principais consegue assento parlamentar?

Nelson disse...

Isso ai reflectindo...anda só é a atrapalhar a vida política de Moçambique... as vezes ecoando os partidões....