segunda-feira, 12 de outubro de 2009

ESTOU FARTO DO MDM

Nos dias que correm não se fala de quase mais nada senão do MDM e eu estou farto! Escrevem-se textos bonitos e feios, com bons ou péssimos argumentos, textos contra tudo e nada e ou a favor de tudo e nada e mesmo que seja pela tangente, acabam falando do MDM e eu estou farto!
O pior é que não tenho certeza o que significa, não sei se essa coisa do MDM estar na boca do povo (falado bem e mal) é bom ou mau sinal. Estou aqui a dizer que estou farto do MDM e vejam que estou justamente a falar do MDM.
Quando em Março o MDM nasceu (assisti o seu parto), não tinha certeza que se faria assim tanto barulho à sua volta. Poucos dias depois vieram os primeiros sinais. Amigos e inimigos disseram/escreveram tudo e nada sobre esse movimento que acaba de nascer. Alguns por exemplo compararam o MDM ao PDD e juraram de pés juntos que seria um “nado morto”. Me lembro das “sábias’ palavras de Edson Macuacua que com todo ar dos pulmões disse a quem quis ouvir que o MDM tinha uma “géneses patológica” e que morreria dentro de dias. Uns acreditaram nele e outros não. Eu esperei para ver e continuarei esperando.
Depois que a CNE alegando irregularidades nos processos, decidiu excluir total e parcialmente alguns partidos, pareceu-me que a decisão tinha lesado apenas ao MDM. Não me lembro de ter lido muita coisa sobre a exclusão do PIMO por exemp
lo. Cheguei a me perguntar porque tanto “sururu” em torno da exclusão (parcial) dum partido tão novo.
Quando o CC, “homologou” a decisão da CNE foi outro barulho. Há quem disse que que tanto a decisão da CNE como do C.C visava lesar o MDM e que outros partidos foram excluídos só para “esconder a malandrice”.
Entre outras razões, eu estou farto do MDM na boca do povo, porque no meu entender nem acho que foi lesada, pois dos resultados a serem obtidos nos círculos eleitorais onde concorre ficaremos a saber o que seria se tivesse concorrido em todos.
Bem eu prefiro esperar, mas não suporto mais o MDM na boca de tanta gente.

10 comentários:

Anónimo disse...

Oi Nelson,
O teu texto faz lembrar uma frase que o MC Roger uma vez usou: falem bem, ou falem mal, mas falem de mim. Ou seja, falem bem ou mal, mas falem do MDM.
Nelson, vais ter que fechar muito bem os ouvidos pois este galo ainda vai dar muito barulho. O "cocorico" do galo esta a acordar muita gente, desde a Frelimo ate a Renamo. E em especial os jovens. Vamos acordar pois o galo esta a cantar!
Porque o 28/10 nao chega?! Queremos petiscar a macaroca

Ximbitane disse...

Nelson, tens toda razao. Esse é o assunto do momento e ha quem diga que isso é por merito do proprio MDM. Confesso que ja tou enjoada!

Domingos Bihale disse...

Nao conheco o MDM, nao conheco a RENAMO nem a FRELIMO, o PDD...................................................................................................Nao conheco nada, nada mesmo. Mas acho que a democracia em Mocambique deve evoluir e evoluir e deixarem que o povo tenha mais opcoes do que um unico prato: PEIXE COM LEGUMES ou quando muito e so no Natal molho da perdiz que bastante raro...Por o Galo parece carne acessivel

Egídio Vaz disse...

Heehe. Sem comentários Nelson. Por enquanto.
Abraços

Nelson disse...

Caro Anónimo, mais do que estar farto meu problema está na “falta de seriedade” dos que escrevemfalando bem ou mal do MDM. Nunca nos dizem com profundidade e clareza porque acham o que acham do MDM seja bem ou mal.

Nelson disse...

Mana que seja por merito próprio do MDM ou não, tenho a liberdade de não ter certeza. Minha questão se associa mais ao facto de alguns pensando que falam mal do MDM acabam promovendo e outros pensando que fazem bem ao MDM acabam prejudicá-lo. Haja seriedade!!!

Nelson disse...

Caro Domingos Bilale, obrigado por passar pelo meu mundo e deixar seu coméntario. Quero começar por “desconfiar” que seja verdade quando dizes que ” Não conheço o MDM, não conheço a RENAMO nem a FRELIMO, o PDD”. O facto de achares que “a democracia em Moçambique deve evoluir e evoluir é deixarem que o povo tenha mais opções do que um único prato” é para mim prova suficiente de que sabes de alguma coisa. É isso que acho essencial! As pessoas virem falar do que sabem.

Nelson disse...

Obrigado Egídio!

origembantu disse...

Cocorico!!!

Abaixo velhotes com mentalidades do Chipande...

OB

Reflectindo disse...

Nelson,

Este é um momento histórico em Moçambique. Houve surpresas. Se contava com o dito desinteresse dos moçambicanos à política e se prova o contrário. Apenas me lembro duma conversa que tive com um frelimista em 2005 e ele a dizer: meu irmão, está a vir um momento em que não se cantarão as gloriosas lutas de libertacão e pela democracia, pois temos agora uma geracão que dirá que não come essas lutas e nem dormem nessas lutas. Dirão que querem comida, casa e emprego. Vejo que nesta campanha eleitoral não se canta nada disso, senão tentar-se tudo por tudo contra esta geracão sob liderança do MDM e Daviz Simango.
Tudo e tudo se lancará ao ar ainda que a batota da CNE não tenha conseguido apagar a ânsia dos moçambicanos. Se lançarão boatos e calúnias como já vimos as que foram lançadas antes.

Abraço